Livro: Sobre a Ira

O maior remédio para a ira é o adiamento” (III.12)

O ensaio Sobre a Ira é dirigido ao irmão mais velho de Sêneca, Gálio. Embora decomposto em três livros, o texto é efetivamente dividido em duas partes.

A primeira parte (I-II.17) trata de questões teóricas, enquanto a segunda parte (II.18 –final) oferece conselhos terapêuticos. A primeira parte começa com um preâmbulo sobre os horrores da ira, seguidos por suas definições. Continua com questões como se a ira é natural, se pode ser moderada, se é involuntária e se pode ser completamente apagada. Sêneca defende a tese – contrária à de outros filósofos da Antiguidade, como Aristóteles, de que a ira sempre é prejudicial. Segundo o romano, um grande homem não deve irar-se nunca e, quando não for possível reprimir a ira, ele deve tentar se acalmar o mais cedo possível.

“Nenhum homem se torna mais corajoso por meio da ira, exceto alguém que, sem ira, não teria sido corajoso: a ira, portanto, não vem para ajudar a coragem, mas para tomar seu lugar” (I.13)

“Nada se convem àquele que inflige punição menos do que a ira, porque a punição tem tanto mais poder de reforma, se a sentença for pronunciada com julgamento deliberado. É por isso que Sócrates disse ao escravo: “Eu surraria você, se não estivesse com ira“. Ele adiou a correção do escravo para uma oportunidade em que estivesse mais calmo; no momento, ele se repreendeu. Quem pode se gabar de ter suas paixões sob controle, quando Sócrates não ousou confiar em si mesmo à sua ira? ” (I.15)

A segunda parte (Livro II.18 em diante) começa com conselhos sobre como evitar a ira e como isso pode ser ensinado a crianças e adultos. Seguido então por vários trechos de conselhos sobre como a ira pode ser adiada ou extinta, e muitos casos reais são dados de exemplos a serem imitados ou evitados. O trabalho conclui com algumas dicas sobre como acalmar outras pessoas, seguido de um resumo da obra.

“Outros vícios afetam nosso julgamento, a ira afeta nossa sanidade: outros vêm em ataques leves e crescem despercebidos, mas as mentes dos homens mergulham abruptamente em ira. Não há paixão mais frenética, mais destrutiva para si mesma; é arrogante se for bem-sucedida e frenética se falhar. Mesmo quando derrotada, ela não se cansa, mas se o acaso coloca seu inimigo além de seu alcance, ela volta seus dentes contra si mesmo.” (III.1)

“Que nada lhe seja permitido enquanto estiver irado. Por que razão? Porque irá querer que tudo lhe seja permitido.” (III.12)

(Imagem busto “Alma danada”, por Gian Lorenzo BerniniPalazzo di Spagna, Roma)

26 respostas para “Livro: Sobre a Ira”

  1. First off I would like to say superb blog!
    I had a quick question which I’d like to ask if you don’t mind.

    I was interested to know how you center yourself and clear your head before
    writing. I have had trouble clearing my thoughts in getting my thoughts out there.
    I do enjoy writing however it just seems like the first
    10 to 15 minutes tend to be lost just trying to figure out how to begin. Any ideas or tips?
    Thank you!

  2. I do not even know the way I ended up right here, but I assumed this post
    was once great. I do not recognize who you are but certainly
    you’re going to a well-known blogger for those who aren’t already.
    Cheers!

  3. The the next time I read a weblog, Lets hope who’s doesnt disappoint me about that one. I am talking about, I know it was my choice to read, but I actually thought youd have something fascinating to say. All I hear is a bunch of whining about something that you could fix should you werent too busy in search of attention.

  4. I simply want to say I’m very new to blogging and absolutely enjoyed your website. More than likely I’m planning to bookmark your blog . You amazingly come with really good well written articles. Thank you for sharing your blog site.

  5. Write more, thats all I have to say. Literally, it seems as though you relied on the video to make your
    point. You clearly know what youre talking about, why waste
    your intelligence on just posting videos to your
    blog when you could be giving us something informative to read?

  6. Undeniably believe that which you stated. Your favorite justification appeared to be on the web the simplest thing to be
    aware of. I say to you, I definitely get annoyed while people consider worries that they
    just do not know about. You managed to hit the nail upon the top and defined out
    the whole thing without having side-effects , people could take a signal.
    Will likely be back to get more. Thanks

  7. Hi would you mind letting me know which webhost you’re utilizing?
    I’ve loaded your blog in 3 different browsers and I
    must say this blog loads a lot faster then most. Can you suggest a
    good internet hosting provider at a honest price? Many thanks, I appreciate it!

  8. It is perfect time to make some plans for the longer term and it’s time to be happy.
    I’ve read this post and if I may just I want to counsel you some interesting things
    or suggestions. Perhaps you can write next articles relating to this article.

    I desire to learn more issues approximately it!

  9. I’m very happy to discover this website. I wanted to thank you for ones time just
    for this fantastic read!! I definitely enjoyed every little bit of it and i
    also have you book-marked to see new information on your web site.

  10. wonderful points altogether, you just gained a new reader.

    What might you suggest in regards to your post that you made a few
    days in the past? Any certain?

  11. Pretty nice post. I just stumbled upon your blog and wanted to say that I’ve really enjoyed browsing
    your blog posts. In any case I will be subscribing to your feed and I
    hope you write again very soon!

  12. Interessantíssimo, não tive a oportunidade de ler tal obra, para falar a verdade não conhecia. Realmente, a ira é um sentimento poderoso. Ao meu ver, a ira é altamente destrutiva e não se deve ter nenhuma ação quando estiver sob ela. Fazemos coisas inimagináveis quando possuídos pela ira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.